Botucatu, domingo, 27 de Setembro de 2020
LINKS
COTIDIANO
07/01/2020
Janeiro é o mês de conscientização sobre a Hanseníase


Conhecida antigamente como lepra

Seguindo a tradição dos meses de conscientização sobre saúde, em 2016 o Ministério da Saúde oficializou o mês de janeiro como de alerta e esclarecimento sobre a Hanseníase.
 
 
 
A hanseníase, conhecida antigamente como lepra, é uma doença crônica, transmissível, que através do bacilo Micobacterium leprae, atinge principalmente a pele e os nervos periféricos do organismo humano. Por ano, são diagnosticados 30 mil novos casos de hanseníase no Brasil.
 
 
 
Todas as equipes das Unidades de Saúde de Botucatu estarão envolvidas na campanha “Janeiro Roxo”, em alusão à doença, promovendo a busca ativa de casos, com avaliação de contatos e encaminhamento de pacientes para tratamento, realização de atividades educativas em salas de espera e também aproveitando cada situação de atendimento de usuários nas Unidades de Saúde.
 
 
 
“A hanseníase pode provocar graves incapacidades físicas se o diagnóstico demorar ou se o tratamento for inadequado. Apesar de ser uma doença de pele, é transmitida através de gotículas que saem do nariz, ou através da saliva do paciente, afetando primordialmente a pele, mas também olhos e, eventualmente, outros órgãos”, afirma o Secretário Municipal de Saúde, André Spadaro.
 
 
 
Os sinais e sintomas mais frequentes da hanseníase são:
 
 
 
•          Manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade térmica (ao calor e frio), tátil (ao tato) e à dor;
 
•          Áreas com diminuição dos pelos e do suor;
 
•          Dor e sensação de choque, formigamento, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços e das pernas e dormência nas extremidades;
 
•          Inchaço de mãos e pés;
 
•          Diminuição sensibilidade ou da força muscular da face, mãos e pés, devido à inflamação de nervos, que nesses casos podem estar engrossados e doloridos;
 
•          Úlceras de pernas e pés;
 
•          Caroços (nódulos) no corpo, em alguns casos avermelhados e dolorosos;
 
•          Febre, edemas e dor nas juntas;
 
•          Entupimento, sangramento, ferida e ressecamento do nariz;
 
•          Ressecamento nos olhos.
 
 
 
A Secretaria Municipal de Saúde orienta que, ao suspeitar dos sintomas, munícipes devem procurar uma Unidade de Saúde.
 

Da Assessoria (PMB)



VITRINE
COTAÇÃO DE MOEDAS
CONVERSOR DE MOEDAS
PREVISÃO DO TEMPO

debotuca.com
DIRETOR - JOÃO FERNANDO DE CAMPOS - MTB 79817 - Email: debotuca@hotmail.com

As opiniões são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente o pensamento do site, bem como os links veiculados.

© debotuca. Todos os direitos reservados.
Powered by Vinícius