Botucatu, quarta-feira, 25 de Novembro de 2020
LINKS
GPS
13/04/2018
Anel Viário começa a ganhar forma para transformar o trânsito no Município


Lembrando que, as primeiras tratativas para a construção desse viaduto, iniciaram se no governo do então prefeito Mário Ielo, na administração federal da presidente Dilma (PT).

Anel Viário começa a ganhar forma para transformar o trânsito no Município
Assessoria PMB
 
Uma das maiores obras em execução em Botucatu é a construção do Viaduto que ligará as regiões Norte e Leste do Município através dos bairros Jardim Paraíso e Jardim Cristina. E para quem pensa que o canteiro de obras montado entre os dois bairros originará apenas uma ponte, está enganado. O projeto faz parte da 1ª etapa do Anel Viário, que compreende ainda a construção de acessos ao viaduto e uma interligação com a Rodovia Alcides Soares, Avenida Conde de Serra Negra e Residencial Cachoeirinha.
 
 
 
Essa interligação passará ao lado do bairro Arlindo Durante, cruzando a Rodovia Alcides Soares com uma rotatória, proposta para melhorar o tráfego na região, e por fim, alinhando-se com o eixo da linha de alta tensão da Cohab II (popularmente conhecida como Linhão), terminando no entroncamento com a Rua Antônia Pedroso Pinto, no Jardim Peabiru.
 
 
 
“Essa primeira etapa do Anel Viário atuará diretamente no trânsito da Cidade, já que nos ajudará a promover um fluxo mais rápido e fácil entre várias regiões do Município. O viaduto e as avenidas de ligação são o primeiro elo que faz parte de um grande conjunto de obras que foram planejadas para o futuro de Botucatu”, afirma o Prefeito Mário Pardini.
 
 
 
Área desapropriada
 
 
 
Na última quinta-feira, 12, foi assinado no gabinete do Prefeito o acordo de desapropriação amigável da área, pertencente até então pela Família Dell Aqua, onde serão construídas as avenidas que ligarão o novo viaduto à Rodovia Alcides Soares. Ao todo 22 mil m² de área foram desapropriados.
 
 
 
A construção da ligação entre o Jardim Paraíso e o Jardim Cristina está bastante avançada. Dos 32 pilares que sustentarão o viaduto, 23 já foram concretados. Sozinha, a ponte terá aproximadamente 140 metros de extensão e 20 de altura. Serão duas vias com largura de 10,5 metros, compondo três pistas de rolamento.
 
 
 
Junto às avenidas que compõem todo o projeto viário, serão quase 1,2 km de asfalto, totalizando 19.800 m² de novas vias. A iluminação de todos esses trechos será feita por luminárias de LED, que além de terem maior eficiência, são mais econômicas que as lâmpadas convencionais utilizadas na iluminação pública.
 
 
 
Todas essas áreas contarão com calçadas, paisagismo, ciclovia, arborização e área de instalação de equipamentos públicos.



VITRINE
COTAÇÃO DE MOEDAS
CONVERSOR DE MOEDAS
PREVISÃO DO TEMPO

debotuca.com
DIRETOR - JOÃO FERNANDO DE CAMPOS - MTB 79817 - Email: debotuca@hotmail.com

As opiniões são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente o pensamento do site, bem como os links veiculados.

© debotuca. Todos os direitos reservados.
Powered by Vinícius